REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

domingo, 28 de maio de 2017

AYRÁ INTILÉ







Nenhum texto alternativo automático disponível.



Ayrá é um Orisá da família do Raio e por isso se veste de muitas cores, em principal o Vermelho e Azul, mas também verde, salmão, marrom e amarelo. 
Aqui vou contar como Ayrá Intilé ganhou o direito de se vestir de Branco, leiam:



Ayrá servia aos Alafins, os Reis de Oyó.
Sango havia subido ao trono e como um presente de felicitações, ele ganhou um cavalo branco como uma nuvem das terras de Ifon, presente do Obá Funfun Osalufon.
Sango ficou muito honrado com um presente de Osalufon e o convidou para visitar a grande cidade de Oyó.
Porém Osalufon era de hábitos simples, ele costumava andar sem corte, mesmo sendo um Rei ele andava como um camponês, pois não gostava de frivolidades.

Quando Osalufon chegou nos arredores de Oyó, ele viu o cavalo que havia dado para Sango fora dos portões do palácio e o tomou pelas rédeas. Nesse momento os guardas do rei viram Osalufon com o cavalo e o acusaram de roubo.
Sem sequer receber um julgamento, ele foi jogando nas masmorras e por la padeceu como um criminoso por longos sete anos.

Osalufon não era apenas um Rei, ele era um Orisá e o seu sofrimento se refletiu sobre Oyó, houve um tempo de seca e má sorte sobre a cidade.

Sango foi visitar Orunmilá para saber o motivo da má sorte e descobriu que o infortúnio era causado por uma injustiça, um homem encarcerado sem motivo.

Sango mandou libertar o preso e traze-lo a sua presença e então descobriu que se tratava de Osalufon.
Por mais que Sango se desculpasse, Osalá estava coberto de chagas e de sujeira, ele não estava aberto a conceder perdão.

Ayrá, o braço direito dos Alafin, se dispôs a levar Olufon em suas costas até a terra de Osagyan.

Quando eles chegam na casa de Elegibô, Ayrá ganhou a eterna gratidão de Osalufon e Ogyan por ter o carregado nas costas pelo longo do trajeto.
Ayrá ganhou o direto de viver com os Orisás Funfuns e quando entrou na casa de Osalá ele foi chamado "AYRÁ INTILÉ" que significa "Ayrá está dentro da casa". Ganhou a chave da casa de Osalá e traje real dos Funfuns: Roupas de Tecido branco.

Ayrá Intilé agora se veste de Branco e é parte da família de Osalufon e Ogyan, que nunca se esqueceram da boa vontade de Ayrá.

Ayra Lê!

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis