REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

domingo, 21 de abril de 2013

MEDIUNIDADE INCONSCIENTE OU NÃO.


MEDIUNIDADE INCONSCIENTE OU NÃO.
Mo jùbá
Perguntaram-me sobre Mediunidade, aproveitando a minha resposta resolvi colocar este tema tão questionado.
Vou falar sobre os tipos de Mediunidade que nós OMO ÒRÌSÀ KON temos.
Existe a Mediunidade inconsciente, a semi-consciente e a consciente.
A Mediunidade consciente é a mais obtida por todos os médiuns, principalmente quando falamos no Kardecismo, mas também ocorre com os nossos OMO ÒRÌSÀ KON, principalmente quando não são Iniciados.
A Mediunidade semi-consciente ocorre para muitos dos nossos OMO ÒRÌSÀ KON por estes ainda não se conscientizarem, e tem medo de se entregar REALMENTE em sua Incorporação.
A Mediunidade inconsciente é a que todos nós OMO ÒRÌSÀ KON queremos obter, mas que poucos REALMENTE conseguem.
O que vou posso dizer é que tudo depende de uma Iniciação “correta” dos OMO ÒRÌSÀ KON, depende também da Fé, Respeito, Amor, Compreensão e Aceitação da nossa Liturgia bem como a integração com o nosso ÒRÌSÀ ORÍ e o nosso ÒRÌSÀ ÈLÉÈDÁ.
Quanto a uma outra pergunta que muitos ÌYÀWÓ fazem se a Mediunidade Consciente caminha para a Inconsciente, isto como já disse vai depender do próprio ÌYÀWÓ, da sua caminhada pela Religião, com o seu coração disposto a aceitar com Fé, Responsabilidade, Respeito, Entendimento e Amor em seus ÒRÌSÀ e em seu ÒRÌSÀ ORÍ; não há “importância” nesta falta de Inconsciência em uma mediunidade que poderá ficar Consciente por toda a vida, e sim temos que ter consciência deste fato e sermos honestos para conosco e para com todos da nossa Casa Templo, com também para com os nossos amigos que ainda não são INICIADOS; não INVENTANDO esta INCONSCIÊNCIA.
Também tenho que dizer que em uma Iniciação há três momentos em que o futuro ÌYÀWÓ obtém “realmente” a Incorporação Inconsciente, pois antes destes atos a Incorporação acontece “CONSCIENTE”:
1- Quando o ÀBÍON for fazer ato do FÁRÍ ÈKINNÍ (primeira raspagem deste futuro ÌYÀWÓ ou como muitos chamam de ORO PEQUENO) ao termino deste é pendurado o ÌLÉKÉ.
2- Quando este ÀBÍON agora um ÌYÀWÓ for fazer o ato da FÁRÍ EKÉJÌ ( segunda raspagem, ou seja, o ORO GRANDE), aonde todos os ÒRÌSÀ deste ÌYÀWÓ irão ser assentados, e, são ofertados a estes ÒRÌSÀ todos os elementos ritualísticos para que estes possam ter sua energia positiva veiculada com a transmissão de Àse; em um momento deste ato este ÌYÀWÓ também obterá a sua Incorporação inconsciente.
3-Quando no dia do SÍ NJÓ (dia da dança), dia do HUN, dia do ORÚKO, é exatamente nesta saída em que o ÒRÌSÀ nos traz o seu ORÚKO, os ÌYÀWÓ também obtém a sua Incorporação inconsciente.
Alertando que as minhas palavras somente serão entendidas por quem é um OMO ÒRÌSÀ KON INICIADO.
Ki OYA ìwúre wa

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis