REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Odù do ano 2015/2016 de Oke-Itase, Ile-Ife, Osun State, Nigéria.


II II
I I
I II
I I

Òfún’sá

Eriwo ya!

Saudamos todos vocês em nome de Òlódùmarè, Ọrúnmìlà e todos os outros Òrìşà. Nós também estendemos os cumprimentos de Àràbà Agbaye (da cidade de Ilè Ifé) a todos vocês nesta época do Ifá Festival Mundial. Nós, os membros do Comité de Ética e Escrituras do Conselho Internacional para religião de Ifá, O Odù Ifá que saiu para este ano é Òfún’sá
O Odù veio com ire Aiku, que significa vida longa e um ebo é recomendado para atingir o objetivo. Este Ifá serve para Nigéria, Benin, Brasil, Trinidad e Tobago, Alemanha, Estados Unidos, Venezuela e Cuba. Todos estes países estavam representados e fizeram suas contribuições.
Os versos de Òfún’sá recitados com suas narrativas são as seguintes:
Comentários de Áwo Fa’lokun.



Quando uma divinação vem com ire Aiku ou seja, bênção de vida longa a implicação fala em alinhamento perfeito com o destino.
Durante o passado a estrutura de nossa fé tem estado sob ataque de dentro de nossas hostes.
O Odù nos endereça esta questão e gostaríamos de encorajar todos a meditar sobre o significado da mensagem dos imortais no que diz respeito a preservação de nossa fé.

Ifá diz que deve haver assistência mutua.
Ifá quer que sejamos solidários e trabalhemos juntos.
As pessoas devem fazer aquilo que acharem mais correto no tocante a diminuir as agressões do sistema reparando ou resgatando aqueles que estão em situação deplorável ou desprezível.
Ebo deve ser feito para ter a chance de escolher as pessoas certas para esta tarefa.
Os itens a serem sacrificados neste ebo são:
Oito pombos, mel, gin, Àkàsà e dinheiro.
Aqui o importante é saber que o ebo feito por pessoas não qualificadas, no caso será necessária a presença de um babalawo, pode resultar em danos espirituais para o curioso. Sem contar que o Odù deve ser tefado (marcado) no Ọpọn Ifá e a mecânica correta somente o babalawo saberá seguir.

Aqui Ifá diz:
Comentário de Awo Fa’lokun:
Este primeiro verso, abaixo, vai direto ao ponto.
Nossa fé foi criada por Ọrúnmìlà a muitos milhares de anos atrás. Ele criou nossa disciplina espiritual que conecta nossa vida a nossa família e ao mundo através de um sofisticado sistema de controles e equilíbrio relacionados com o: Ọbà (Rei), Ìyàámi, Ògbóni, Ifá e Egbè Òrìşà. Há uma crença comum (os famosos inventores, curiosos e modernistas) de que Ifá pode ser praticado sem os sistemas de controle e equilíbrio desta estrutura antiga.
O Odù Òfún’sá está dizendo que isso não é verdade, estas estruturas tem um propósito e devem ser preservadas.

Òfún saara
Òfún seesee
O sacerdote de Ifá de Eyin, O Dente
Lançou Ifá para Eyin, O Dente.
Quando o dente estava com saudades do Redentor
Ele aconselhou a fazer ebo
Ele fez
Vamos juntar as mãos
Para reparar nosso Dente
Ele é muito branco
Ele se tornou puramente branco.

Comentário de Awo Fa’lokun:
Nossa fé tem caído em desuso por causa de ataques que vinham de fora, agora estamos diante de ataques internos e será necessário um esforço coletivo para preservar as velhas formas. Os dentes são uma das ferramentas que usamos para nutrir o corpo. A referência ao dente branco e a ideia da nutrição baseada na pureza. Muitos dos ensinamentos originais de Ọrúnmìlà tem sido danificado por pessoas que usam a lente de outras religiões para interpretar suas palavras. As pessoas podem acreditar em Jesus, Maomé ou Buda, mas, cada um desses profetas pregou sua própria mensagem. Eu acredito que a mensagem de Ọrúnmìlà vale por si só e não precisa da lente de outras religiões como base para uma explicação.

O que temos de mais importante dentro deste primeiro aspecto do Odù é ordem expressa de Ifá, para não perdermos o equilíbrio emocional com os ataques que vierem de dentro de nossa religião, aqueles que querem dividir, criar atrito, disseminar o ódio e todas estes sentimentos separatistas devem ser entregues a Ọrúnmìlà/Ifá nas horas de nossas orações.
São estas pessoas que serão cuidadas diretamente por nosso pai.
Não discuta por qualquer motivo, não levante sua voz.
Entrar neste barco, das discussões, poderá lhe trazer mais prejuízos que ganhos.

Os versos foram gravados e traduzidos por:
Fayemi Fatunde Fakayode (Presidente, Comitê de Ética e Escritura)
Àràbà Olusoji Oyekale (Rep. do Estado de Kwara)
Ojesola Windare (Osun State Rep)
Awo Fawale Adebayo (Ondo State Rep)
Otunba Kehinde Idowu Fagbohun (Oyo State Rep)
Fayemi Abidemi (Oyo State Rep)
Chefe Fatunmbi Adeniji (Ogun State Rep)
Fasola Faniyi Babatunde (Ogun State Rep)
Awo Tosin Olomowewe (Lagos State Rep)

Obs.
Estamos cientes de que algumas pessoas têm publicado alguns versos deste Odù na internet. Aqui nós não estamos dizendo que os versos por eles publicados são incorretos, nós acreditamos fortemente que os que aqui apresentados são aqueles recitados com a inspiração de Òlódùmarè. O que queremos dizer é que pode haver mil versos de Òfún’sá, mas a inspiração é o que é necessário para recitar estes versos no momento de adivinhação, é a inspiração que dirige um sacerdote para o verso (s) ele recitar na esteira.

Comentário Awo Falokun: Esta é uma regra de longa data em Ifá.
Os versos que se aplicam a uma adivinhação são os versos que foram ditas no momento da adivinhação.

Aqui o que os Anciãos de Ilè Ifé estão tentando explicar é que o momento da adivinhação tem um recado direto, quem não participou deste ritual (jogar e interpretar o oráculo), não pode ter a mesma certeza e a mesma conexão que foi atingida por eles.

Nosso blog está mostrando apenas uma parte das revelações de Ifá para este ano yorùbá que se inicia. A informação é longa e deve ser interpretada por um expert (babalawo), o que queremos deixar gravado é necessidade de união, ajuda mútua e defesa de nossa fé.
Estes requisitos se fazem necessário pelo alto nível de agressividade que viemos sofrendo ao longo dos anos. Porém, Ifá nos diz que não estamos sozinhos, que não seremos abandonados pelo Ợrún.
Ifá
Egbè Ợrún
Okú Ợrún (Ancestres/Espíritos que partiram))
Olokun
Olosa
Ogun
Şàngó
Ợya
Òşún
Òsànyìn

Estes òrìşà, irunmolè e energias do plano astral estarão cuidando de nosso mundo e de nossa religião.

Que as bênçãos de Òfún’sá possam se multiplicar sobre a cabeça de todos nós.
Epá Odù. Epá Òrìșà.

Texto do Conselho de Oke-Itase, Ile-Ife, Osun State, Nigéria.
Comentários do Áwo Falokun.
Tradução: Odé Gbafaomi.

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis