REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

domingo, 25 de outubro de 2015

O ALHO EM NOSSA HISTÓRIA


A importância e a representatividade do alho na história da humanidade são indiscutíveis. No antigo Egito, 7kg de alho eram suficientes para comprar um escravo e, até os meados do seculo XVIII, os siberianos pagavam os seus impostos em alho. Alho e cebola eram ingredientes essenciais na dieta dos escravos e operários para que não adoecessem.
Alho deriva da palavra céltica> All ( picante, acre) planta de origem asiática. Há milhares de anos o alho é conhecido por suas propriedades místicas e terapêuticas.


A nenhuma outra planta na história do mundo foi atribuído tamanho poder de destruir malignidades , poder este afinado com suas qualidades medicinais.


Ao longo da Antiguidade, o alho foi considerado uma proteção contra mal-olhado. No Egito moderno, continua-se a realizar uma festa na qual o alho é comido, usado e esfregado nas portas e janelas para manter as forças do mal afastadas. Atualmente, é usado como erva culinária medicinal em todo mundo.
Indicações:
Contra hipertensão, picadas de insetos, diurético, expectorante,antigripal, desinfetante, febrífugo, anti-inflamatório, antisséptico, vermífugo( lombriga, solitária e ameba) e ácido úrico.


Segundo relatos, os egípcios já utilizavam o alho há 5.000 anos antes de Cristo para fornecer-lhes mais vigor e resistência contra doenças, pois já conheciam suas propriedades estimulantes.


Os Babilônios usavam o alho para limpeza dos intestinos e cabeças. Os gregos, os romanos, os vikings, os indianos e os judeus, usavam o alho como anti-parasitário e para combater melancolia.Na idade média, foi usado para combater a peste bubônica. Durante a primeira guerra mundial, os soldados russos e os médicos carregavam alho para auxiliar nas feridas e impedir infecções. Além disso, o alho cru acalma rapidamente as picadas de insetos e contem um ótimo valor nutricional, possuindo vitaminas (A1, B2, B6, C ) aminoácidos, sais minerais (ferro,silício, iodo) , enzimas e compostos biologicamente ativos, como a alicina.


USO MEDICINAL DO ALHO





-insônia: esmagar um dente de alho em uma xícara de leite quente. Deixar em infusão por dez minutos e após beber.

-cataplasma: espremer alguns dentes de alho, colocando sobre uma lã quente. Aplicar sobre a região afetada: reumatismo, tumores. Colocando ao longo da coluna espinhal e em cima do tórax de crianças, é muito útil em pneumonia; colocando em cima da região da bexiga, tem demonstrado eficácia na descarga de urina quando a retenção e devido a bexiga paralisada;

-decocção de alguns dentes de alho amassados em leite açucarado: Deixar ferver por um minuto. Tomar duas a três colheres ao dia: vermes;

-inflamação na garganta: um dente de alho batido, sumo de limão e uma colher de mel de abelha. Mistura-se e aplica-se na região interna da garganta;

-xarope expectorante de alho e gengibre: faça uma mistura de 250 ml de gengibre ralado e 250 ml de alho amassado e coloque em um litro de vidro bem limpo, ocupando aproximadamente a metade do espaço; adicione 100 ml de pinga, uísque ou conhaque; complete com mel de abelha deixando apena o espaço para a rolha.

Lacre a rolha com cera, resina ou breu e guarde em um armário escuro por cerca de seis meses.Tomar uma colher de sopa duas a três vezes ao dia.
USO DO ALHO NA UMBANDA E CANDOMBLÉ


Para defumar uma casa carregada e com presença de eguns,contra a inveja e olho gordo, a palha do alho e casca de cebola são ideias.


LENDA
Uma lenda islâmica afirma que o diabo foi expulso do paraíso, brotou uma planta de alho no chão pisado pelo pé esquerdo e que uma cebola nasceu da marca do seu pé direito. A opinião daqueles povos com respeito ao alho era tão elevada que servia também como meio aos feiticeiros em seus costumes.

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis