REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

terça-feira, 3 de novembro de 2015

AS DORES DO DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL


Para os médiuns que estão em desenvolvimento espiritual pode ser muito comum a experiência de algumas “dores da evolução” em sua jornada.
As dores acontecem porque o apartar de crenças antigas ferem, mas o desenvolvimento espiritual sempre resulta em mais clareza, sabedoria e uma perspectiva do mundo mais profunda.
A identificação dessas lutas comuns do caminho espiritual pode ser útil porque há certas energias arquetípicas que todas as pessoas em desenvolvimento espiritual acabam encontrando.
Listo aqui as 5 dores psicossociais mais comuns em virtude da ascensão espiritual que os médiuns experimentam:
1) Perda de alguns amigos antigos
Isso ocorre porque, tornando-se espiritualmente mais conectado, sua forma de ver o mundo e a vida muda, não havendo mais tanta afinidade com seus amigos. Isso pode fazer com que alguns de seus amigos azedem com você, distanciem-se e até lhe ridicularizem.
Antes, talvez você estivesse disposto a se envolver em comportamentos que agora parecem errados, como fofocar, reclamar, ou discutir alguns temas com o seu grupo de amigos. E agora não mais...
Infelizmente, estas diferenças de perspectiva e comportamento às vezes podem ser o suficiente para romper amizades que significaram muito para você ao longo dos anos. Tudo o que você pode fazer é ser genuíno e sincero, e a Espiritualidade irá conectá-lo com as pessoas que estão em maior sintonia com a sua nova vibração.

2) OS MAL-ENTENDIDOS NA FAMÍLIA
A maioria dos membros da família que te amam não se afastarão porque você está num Terreiro buscando seu desenvolvimento espiritual, mas provavelmente podem ficar muito confusos por sua mudança de perspectiva. Se você tem pais que são de outra religião, eles podem até acusá-lo de ter se “perdido e separado de Deus”.
Seja autêntico e assuma sua religião, mantendo a calma e sempre tendo paciência para explicar o que é a Umbanda e como funciona. Mas não faça pressão para eles entenderem... Basta continuar sendo você mesmo, e o “novo você” vai se tornar mais familiar para os seus entes queridos.

3) SENDO ESCARNECIDO E RIDICULARIZADO PELA SOCIEDADE
Tornando-se mais ocupado espiritualmente pode expô-lo a um pouco de escárnio por ser diferente. Sendo zombado, ridicularizado e maltratado é apenas uma parte de pertencer a uma religião que poucos conhecem verdadeiramente e que não compreendem. Esta é provavelmente a dor mais comum do desenvolvimento espiritual.
O julgamento que você pode sentir de ser “diferente” pode ser desconfortável no início, mas confie que com o avançar do tempo ele se tornará menos frequente e mais fácil de lidar. À medida que você assume sua religião, você projeta fé e tranquilidade para o mundo, e assim receberá menos julgamento como resultado da sua confiança.
A espiritualidade vai parar de enviar as experiências que se abatem sobre os seus pontos fracos, uma vez que os transforma em seus pontos fortes. Seja autêntico, sincero e íntegro. E quando as pessoas zombarem de você, isso os fará parecerem bobos.

4) MUDANÇAS DE CARREIRA
Quando há mudanças de perspectiva e de mundovisão, o seu trabalho simplesmente pode não ser mais uma boa opção para você. De repente, o trabalho que você tem ficou pequeno/encolhido e você se sente vazio, ou ainda pior, prejudica a sua alma. Durante um despertar espiritual, você pode chegar à conclusão de que seu trabalho não está funcionando como uma extensão de sua alma.
Para alguns, uma mudança de carreira pode ser intencional e planejada, mas para outros, pode vir na forma de uma demissão repentina. Quando você é incompatível vibracionalmente com a forma como você está gastando a maior parte de suas horas e energia durante a semana, é apenas uma questão de tempo antes que você ou seu empregador decida que, no melhor interesse de todos, você deixe o seu trabalho.
Pode ser muito doloroso ter uma transição repentina assim. Mas acredito que isso aconteceu por uma razão. Muito mais felicidade e satisfação estarão à frente para você. A vida é muito curta para ficar trabalhando em algo que “mata” sua alma!
Então, confie e renda-se à Espiritualidade, que Ela irá levá-lo exatamente onde você precisa estar espiritualmente, bem como profissionalmente.

5) SOLIDÃO
A solidão é um subproduto natural do desenvolvimento espiritual. Isso porque a forma de ver a vida muda, assim como os relacionamentos, empregos e estilos de vida, e também a sua capacidade de confiar nas coisas e pessoas que costumava confiar.
A boa notícia aqui é que quando você encontrar pessoas com as mesmas perspectivas e vibração, você terá amizades e conhecimentos que são genuínos e edificantes.
Você pode notar que você tem menos amigos, mas mais do tipo certo.
Um aumento na qualidade e uma diminuição na quantidade.
Nesse meio tempo treine ficar com você mesmo. Comece a praticar meditação e aprender a estar confortável consigo próprio.
Aprender a estar sozinho é essencial para lidar com qualquer sentimento de perda que surgiu desde que começou a trilhar seu novo caminho espiritual.
Nem todo mundo vai experimentar todos esses ajustes, mas se algum destes se aplicam a você, você não está sozinho. Seja paciente, mantenha a fé e permaneça íntegro para a nova versão de si mesmo.


Todas as coisas que estão listadas aqui são, na verdade, sinais de que você está no caminho certo.
Se você estiver enfrentando algumas destas lutas, tenha fé. A mudança está ocorrendo porque você está tornando-se uma pessoa mais conectada com o mundo espiritual e está aprendendo o que realmente tem mais valor.
A dor que você sente é apenas um catalisador temporário que irá impulsioná-lo para o seu novo Eu interior e para o seu crescimento evolutivo espiritual.

Como você muda, é natural lamentar-se da perda de aspectos do seu eu anterior. Não se apegue à sua velha identidade em sua mente. A chave para lidar com as dores do desenvolvimento espiritual é aceitar o fluxo da vida e trabalhar com a realidade, e não contra ela.

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis