REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Oxum Kare rege o astral da semana


Astral da Semana: OXUM KARE 02/05/2016
A Rainha da beleza te deixará extrovertido e atraente. Ajudará nos estudos e encontros. Cautela com o ciúme e a impulsividade.
SIMBOLOGIA:
Oxum Kare é representada pelo Òfà (arco e flecha). Dia: sábado, bom para feitiços e oferendas.
OFERENDA:
Kiun adiè ré epo: miúdos de galinha com cebola, camarão e amendoim no dendê.
CORES:
Amarelo, branco e azul que simbolizam jovialidade e atraem dinheiro.
CARACTERÍSTICAS DO ORIXÁ:
Na Nigéria, Kare é cultuada num povoado próximo a Òsogbo que tem o seu nome. Kare é filha de Yemojá Tónà com Odé Ibúalámo (também conhecido como Erinlè - o caçador de elefantes). Kare é graciosa e sensual, porém ela herdou a liderança de sua mãe e a bravura de seu pai, por isso ela é considerada uma grande guerreira.
AXÉS & MAGIAS:
As energias da jovem guerreira influenciarão na coragem e atração. No trabalho, não dê ouvidos a fofocas e dedique-se aos seus objetivos. No amor, aproveite o axé de Kare para esquentar o relacionamento, demonstrando toda sua paixão.
Para adoçar alguém difícil:
Faça um buraco no chão aos pés de uma bananeira e forre-o com folhas de colônia. Depois, escreva num morim amarelo o nome da pessoa, enrole-o, coloque-o no buraco e aterre-o.
Exemplo de Vitória:
Nascida em 02 de maio de1925 em Salvador, Stella de Azevedo ficou órfã cedo, e quem terminou de criá-la foi sua tia Archanja de Azevedo. Foi iniciada para Oxossi em 1939 por Mãe Senhora "Oxun Muiwá". Com o falecimento de Mãe Ondina, Iyá Odé Kayode ou Mãe Stella toma posse como Yalorixá do Axé Opó Afonjá em 19 de março de 1976. Mãe Stella de Oxóssi ocupa a cadeira 33 da Academia de Letras da Bahia.
Nesta segunda-feira Mãe Stella completa 91 anos. Para marcar a data, a Yalorixá do Ilê Axé Opô Afonjá receberá parceiros de projetos sociais que desenvolve, para um cafezinho, às 10h da manhã. Cada um anunciará um presente para a aniversariante. A Universidade do Estado da Bahia (Uneb), através do Reitor José Bites de Carvalho por exemplo, que apoia a Animoteca (biblioteca itinerante), fará a digitalização de todo o acervo do terreiro. A Assembleia Legislativa lançará mais um livro Éjìonílè, da coleção Odu Adajó. "A ideia de Mãe Stella é mostrar que a obra é maior do que a pessoa", diz a psícóloga e escritora Graziela Domini, integrante do terreiro.
O cantor e compositor Edu Casanova, que está musicando textos de Mãe Stella, para um CD, vai cantar para a aniversariante. "Apresentarei uma canção que fiz para ela, chamada Estrela Stella", conta. A letra: "Acordar cedo/Todos os passarinhos grãos/Regam a vida, abraço dado, água e pão/Meu barco à vela na calmaria navegar/Todos os filhos como uma estrela iluminar/Mãe da pureza do Axé Afonjá/Toda nobreza/E ao teu lado quem dera eu ficar, pra receber seu axé".
Para o amigo de longa data José Beniste, Mãe Stella está sempre a frente do seu tempo, pois sempre inova com seus projetos sociais!

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis