REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

quarta-feira, 26 de abril de 2017

A minha sorte foi tirana e maldita .


A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé



A minha sorte foi tirana e maldita .
Estou sofrendo , por amar 
Quem não me quer .
Isso aconteceu porque pensei .
Que havia amor , no coração 
Daquela mulher .
Por mais que eu queira ,
Esquecer o meu passado ,
Meu sofrimento é viver ,
Pensando nela .
E os amigos só pra me ver magoado .
Entram no menseger ,
Pra me dar notícias dela .
Só tenho as noites e a lua ,
Como herança .
Esta mulher , me deu este maldito prêmio .
E hoje dela só me resta ,
Uma lembrança .
A torturar a minha alma de cigano .
Naufragado em pensamentos ,
Passo as noites acordado .
Ninguém tem pena ,
Deste meu triste viver .
Olhando o céu ,
Quando contemplo a luz da lua .
Me representa sua imagem aparecer .
Foi o desgosto que me atirou nesta vida Abandonado e renegado pelo amor .
Eu vivo apenas , naufragado em poesias Tornei me apenas um poeta vagabundo
Perdi amigos perdi tudo que ja tive .
Em altas noites só o sereno me abraça .
Esta mulher em Bragança ainda vive .
Deve cantar para brindar ,
Minha desgraça .
Segue mulher segue esnobando .
E quando chegar o meu fim ,
E eu partir deste mundo ,
Há , de lembrar que ja foi ,
Pra eternidade
Seu cigano o seu poeta vagabundo .

MENSAGEM da SENHORA POMBAGIRA ROSA CAVEIRA

Um dia uma moça me procurou e perguntou meu nome. Eu disse:

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Exu Rei das Sete Encruzilhadas


Esta entidade se apresenta como um homem de idade avançada, de pele escura, barba e olhos vermelhos,

terça-feira, 11 de abril de 2017

Os Cargos Dentro Do Candomblé: Oye – Deka – Ekedi E Ogan Posted by Alberto Ebomi at 20:33 6 Comentarios Oye ou Deka é uma posição sacerdotal nos candomblés de nação, pessoas são escolhidas para exercer determinadas funções para o bom andamento da casa religiosa. Aqueles que possuem OYE são chamados " oloye masculino " e " ajoye feminino". Essas pessoas serão adoxu ou não , recebem o cargo na confirmação ou em sua iniciação de acordo com sua capacidade. Essas pessoas não adoxu são os verdadeiros Ogan e Ekedi que nascem com os sete anos como reza a tradição, há casas que raspam para esses cargos, porém, esses iniciados não possuem status dos antigos e devem contar seu tempo de iniciação tal qual um iyawo, portanto não é de bom senso raspar e sim confirmar, afirmar que não existe Ogans e ekedis para divindades como Caboclos, Baianos, Exus, Pomba Giras, Boiadeiros, Preto Velho, etc.


Oye ou Deka é uma posição sacerdotal nos candomblés de nação, pessoas são escolhidas para exercer determinadas funções para o bom andamento da casa religiosa. Aqueles que possuem OYE são chamados " oloye masculino " e " ajoye feminino".

Essas pessoas serão adoxu ou não , recebem o cargo na confirmação ou em sua iniciação de acordo com sua capacidade. Essas pessoas não adoxu são os verdadeiros Ogan e Ekedi que nascem com os sete anos como reza a tradição, há casas que raspam para esses cargos, porém, esses iniciados não possuem status dos antigos e devem contar seu tempo de iniciação tal qual um iyawo, portanto não é de bom senso raspar e sim confirmar, afirmar que não existe Ogans e ekedis para divindades como CaboclosBaianosExusPomba GirasBoiadeirosPreto Velho, etc.

Eguns e Quiumbas







A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e área interna






Eguns nada mais são do que os espíritos que já desencarnaram e os quiumbas são exatamente a mesma coisa. Porém há entre eles uma importante e significativa diferença: o nível de evolução espiritual.

Quiumbas são eguns ainda muito rudes e atrasados na escala da evolução espiritual, são considerados negativos, e por vezes, se fazem passar por Entidades de Umbanda, normalmente os Exus, trazendo um ponto de vista muito negativo e inverídico para a Linha dos Exus Guardiões da Umbanda. Esses quiumbas mistificam, deturpam e denigrem a atuação importantíssima dos Exus Guardiões da Lei na Egrégora de Umbanda.

Entre as Entidades, Guias e Protetores poderá variar um pouco o grau de evolução entre cada um deles, podendo haver sempre um que esteja um pouco acima. Mas, com certeza, estas Entidades, Caboclos, Pretos Velhos, Crianças e Exus, já chegaram a um nível de evolução tal que os credenciam a trabalhar dentro da Egrégora de Umbanda, procurando humildemente ajudar e colaborar com as Entidades de níveis espirituais mais elevados, no sentido de auxiliar aos filhos que os procuram, nos momentos em que seus conhecimentos, permissão ou capacidade são importantes para a ajuda no caminho da evolução espiritual durante as reencarnações.

O que acontece com os recém desencarnados, ou seja, eguns é a confusão natural da sua nova condição associada a uma vontade, ás vezes, bem intencionada de ajuda aos que ficaram, por isso, normalmente nas consultas das Sessões ouvimos esses avisos:

“ – Você está com o encosto de um egum muito perigoso!”

“– Você precisa fazer uma obrigação para despachar este egum que está complicando sua vida!”

Isso realmente pode acontecer, porque como já dissemos, egum é todo espírito desencarnado que, por ignorância em relação à sua nova situação em que o espírito desencarnado (egum) se encontra, ele fica muito próximo, principalmente de seus entes mais queridos quando em vida e isso acaba tumultuando a vida dos parentes e amigos, principalmente pela interferência provocada pela diferença de padrão vibratório de suas energias. Este egum (espírito desencarnado) precisa certamente ser esclarecido e afastado daquela situação, sendo encaminhado pelos bons espíritos aos locais de tratamento e aprendizado.

É necessário que os níveis de vida mantenham suas independências: o encarnado e o desencarnado, evitando influências onde, na maioria das vezes, mais atrapalham do que ajudam devido ao não preparo que a maioria dos espíritos desencarnados apresentam. Somente após um aprendizado efetivo dos Mestres de Luz e com a devida autorização superior, aí sim podem de forma positiva e benéfica atuar a favor dos espíritos encarnados.

sábado, 1 de abril de 2017

Exu Ganga

Resultado de imagem para Exu Ganga

Reino da Lira

Os chefes deste reino são muito mais conhecidos por seus nomes sincréticos:

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis