REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

quarta-feira, 26 de abril de 2017

A minha sorte foi tirana e maldita .


A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé



A minha sorte foi tirana e maldita .
Estou sofrendo , por amar 
Quem não me quer .
Isso aconteceu porque pensei .
Que havia amor , no coração 
Daquela mulher .
Por mais que eu queira ,
Esquecer o meu passado ,
Meu sofrimento é viver ,
Pensando nela .
E os amigos só pra me ver magoado .
Entram no menseger ,
Pra me dar notícias dela .
Só tenho as noites e a lua ,
Como herança .
Esta mulher , me deu este maldito prêmio .
E hoje dela só me resta ,
Uma lembrança .
A torturar a minha alma de cigano .
Naufragado em pensamentos ,
Passo as noites acordado .
Ninguém tem pena ,
Deste meu triste viver .
Olhando o céu ,
Quando contemplo a luz da lua .
Me representa sua imagem aparecer .
Foi o desgosto que me atirou nesta vida Abandonado e renegado pelo amor .
Eu vivo apenas , naufragado em poesias Tornei me apenas um poeta vagabundo
Perdi amigos perdi tudo que ja tive .
Em altas noites só o sereno me abraça .
Esta mulher em Bragança ainda vive .
Deve cantar para brindar ,
Minha desgraça .
Segue mulher segue esnobando .
E quando chegar o meu fim ,
E eu partir deste mundo ,
Há , de lembrar que ja foi ,
Pra eternidade
Seu cigano o seu poeta vagabundo .

MENSAGEM da SENHORA POMBAGIRA ROSA CAVEIRA

Um dia uma moça me procurou e perguntou meu nome. Eu disse:

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Exu Rei das Sete Encruzilhadas


Esta entidade se apresenta como um homem de idade avançada, de pele escura, barba e olhos vermelhos,

terça-feira, 11 de abril de 2017

Os Cargos Dentro Do Candomblé: Oye – Deka – Ekedi E Ogan Posted by Alberto Ebomi at 20:33 6 Comentarios Oye ou Deka é uma posição sacerdotal nos candomblés de nação, pessoas são escolhidas para exercer determinadas funções para o bom andamento da casa religiosa. Aqueles que possuem OYE são chamados " oloye masculino " e " ajoye feminino". Essas pessoas serão adoxu ou não , recebem o cargo na confirmação ou em sua iniciação de acordo com sua capacidade. Essas pessoas não adoxu são os verdadeiros Ogan e Ekedi que nascem com os sete anos como reza a tradição, há casas que raspam para esses cargos, porém, esses iniciados não possuem status dos antigos e devem contar seu tempo de iniciação tal qual um iyawo, portanto não é de bom senso raspar e sim confirmar, afirmar que não existe Ogans e ekedis para divindades como Caboclos, Baianos, Exus, Pomba Giras, Boiadeiros, Preto Velho, etc.


Oye ou Deka é uma posição sacerdotal nos candomblés de nação, pessoas são escolhidas para exercer determinadas funções para o bom andamento da casa religiosa. Aqueles que possuem OYE são chamados " oloye masculino " e " ajoye feminino".

Essas pessoas serão adoxu ou não , recebem o cargo na confirmação ou em sua iniciação de acordo com sua capacidade. Essas pessoas não adoxu são os verdadeiros Ogan e Ekedi que nascem com os sete anos como reza a tradição, há casas que raspam para esses cargos, porém, esses iniciados não possuem status dos antigos e devem contar seu tempo de iniciação tal qual um iyawo, portanto não é de bom senso raspar e sim confirmar, afirmar que não existe Ogans e ekedis para divindades como CaboclosBaianosExusPomba GirasBoiadeirosPreto Velho, etc.

Eguns e Quiumbas







A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e área interna






Eguns nada mais são do que os espíritos que já desencarnaram e os quiumbas são exatamente a mesma coisa. Porém há entre eles uma importante e significativa diferença: o nível de evolução espiritual.

Quiumbas são eguns ainda muito rudes e atrasados na escala da evolução espiritual, são considerados negativos, e por vezes, se fazem passar por Entidades de Umbanda, normalmente os Exus, trazendo um ponto de vista muito negativo e inverídico para a Linha dos Exus Guardiões da Umbanda. Esses quiumbas mistificam, deturpam e denigrem a atuação importantíssima dos Exus Guardiões da Lei na Egrégora de Umbanda.

Entre as Entidades, Guias e Protetores poderá variar um pouco o grau de evolução entre cada um deles, podendo haver sempre um que esteja um pouco acima. Mas, com certeza, estas Entidades, Caboclos, Pretos Velhos, Crianças e Exus, já chegaram a um nível de evolução tal que os credenciam a trabalhar dentro da Egrégora de Umbanda, procurando humildemente ajudar e colaborar com as Entidades de níveis espirituais mais elevados, no sentido de auxiliar aos filhos que os procuram, nos momentos em que seus conhecimentos, permissão ou capacidade são importantes para a ajuda no caminho da evolução espiritual durante as reencarnações.

O que acontece com os recém desencarnados, ou seja, eguns é a confusão natural da sua nova condição associada a uma vontade, ás vezes, bem intencionada de ajuda aos que ficaram, por isso, normalmente nas consultas das Sessões ouvimos esses avisos:

“ – Você está com o encosto de um egum muito perigoso!”

“– Você precisa fazer uma obrigação para despachar este egum que está complicando sua vida!”

Isso realmente pode acontecer, porque como já dissemos, egum é todo espírito desencarnado que, por ignorância em relação à sua nova situação em que o espírito desencarnado (egum) se encontra, ele fica muito próximo, principalmente de seus entes mais queridos quando em vida e isso acaba tumultuando a vida dos parentes e amigos, principalmente pela interferência provocada pela diferença de padrão vibratório de suas energias. Este egum (espírito desencarnado) precisa certamente ser esclarecido e afastado daquela situação, sendo encaminhado pelos bons espíritos aos locais de tratamento e aprendizado.

É necessário que os níveis de vida mantenham suas independências: o encarnado e o desencarnado, evitando influências onde, na maioria das vezes, mais atrapalham do que ajudam devido ao não preparo que a maioria dos espíritos desencarnados apresentam. Somente após um aprendizado efetivo dos Mestres de Luz e com a devida autorização superior, aí sim podem de forma positiva e benéfica atuar a favor dos espíritos encarnados.

sábado, 1 de abril de 2017

Exu Ganga

Resultado de imagem para Exu Ganga

Reino da Lira

Os chefes deste reino são muito mais conhecidos por seus nomes sincréticos:

sexta-feira, 31 de março de 2017

Exu Da Meia Noite


Laroiê Seu Meia Noite.

Um Exu muito conhecido em todo o meio espiritualista, seja Umbanda, Quimbanda e até mesmo no Candomblé, isso é devido a sua grande importância no decorrer dos trabalhos.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Abiaxé, filho que recebe tds os axes no ventre da mãe .

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas


Quando a mãe faz a iniciação grávida, ela toma banho de ervas, come comida ritualística e recebe o osú e, ao recebê-lo, estará ligada ao orixá. Essa energia de axé também vai para a criança que por isso é chamada de Abiaxé, ou

quinta-feira, 23 de março de 2017

Nosso Grupo No WhatsApp

Bom Dia Leitores, Tudo Bem Com Vocês? Espero Que Sim.

Quer Tirar Suas Duvidas, Sugestões, Quer Saber Mais Sobre Nossa Religião, Então Vem Comigo.



Link: https://chat.whatsapp.com/LdZAlu7MOH7Egi7pgRLqgi


Resultado de imagem para whatsapp

terça-feira, 21 de março de 2017

POMBA GIRA MENINA

A imagem pode conter: 1 pessoa

Está falange de entidades, corresponde ao feminino de Exu Mirim, apresentando se como um misto de Bombo-gira e Erê, por isso geralmente aparece na gira de esquerda, mas pode acabar dando alguma passagem em sessões de erês. É extremamente raro mediuns que trabalham com Dona Menina, pois é muito dificil ela escolher algum para trabalhar. Sua incorporação é bem forte (devido a grande quantidade de energia) por trazer consigo a força de 2 grandes linhas antigas e poderosas (Erê e Bombo-gira). Têm uma energia graciosa, alegra as sessões, dança bastante e suas cores além do preto e vermelho, são o rosa, amarelo e azul claro; adora beber Anisette com Guaraná e também champanhe, não dispensa cigarrilhas e cigarros com sabores de cravo ou canela.

Trabalha para todo tipo de trabalho, porém prefere assuntos ligados a negócios (dinheiro e trabalho), auxilia muitos quem possui comercio, e claro que adora atuar em assuntos familiares. Recebe esse nome de falange por conservar princípios da felicidade das crianças em viver, não por inocência, mas pela genuína alegria com a vida e seus momentos únicos. Seu assentamento, geralmente é feito com ferro e em panela de ferro. Está ligada a todas as Yabás (Orixás do sexo feminino), principalmente a Oxum e Iansã, assim como a Ibeji.

domingo, 19 de março de 2017

VUNGE OU IBEJI


Os Vunges ou os Ibejis representam a solidariedade, a gemelaridade (qualidade das coisas gêmeas, compostas de dois inseparáveis, e assim do próprio processo de conhecimento humano, composto de pares inseparáveis de oposições).

- LINHA DOS MENINOS DE ANGOLA

Resultado de imagem para image de meninos e meninas brincando de roda


Os Meninos de Angola, também conhecidos como Ibeji, são ligados ao nascimento de crianças gêmeas e Erês, representados por São Cosme e São Damião no sincretismo religioso, são Espíritos que já estiveram encarnados na terra e desencarnaram com pouca idade.

Exu-Mirim

Imagem relacionada

Exu-Mirim é uma classe de espíritos com diversas denominações que incorpora nos terreiros de Umbanda.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Pombas-Giras - Ciganas e Exús: Sete Saias- Caveira- Padilha e outros.


Para os filhos, que ela trata com absoluto respeito, amor e carinho, Sete Saias é, Mãe! Acreditem! É a mais doce das mães carnais, que qualquer filho poderia ter, se comparado a uma. 

Quem É Exú Veludo? Tudo Sobre Exus De Umbanda



Muitos perguntam quem é Exú Veludo? Este Exú é de Umbanda pertence à Linha das Encruzilhadas, mas também trabalha em médiuns na nação do Candomblé. É assistente imediato do Exu Rei das 7 Encruzilhadas, e diretamente e subordinado àOgum Obedecendo ao mesmo.

Guardião Marabô

(Put Satanakia) - Apresenta-se falando pausadamente e com uma delicadeza extrema. Gosta de usar cobre em seus assentamentos. Possui um porte ereto e elegante. Astralmente se veste vermelho. Trabalha na linha negativa de Oxossi serventia do Caboclo Arranca-Toco.

Exu Gira Mundo Mojubá, Laroiê Grande Exu Gira Mundo.Um Exu que veio de outro mundo!

Resultado de imagem para Exu Gira Mundo

É um Exu de grande nome no meio dos espiritualistas, devido aos seus incríveis trabalhos. Antes devemos esclarecer que "Gira Mundo" é uma falange de Exus que trabalham com este nome, quando não estão nos terreiros ou fazendo algum trabalho específico,

quinta-feira, 16 de março de 2017

Zé Pelintra: Malandro ou Exú?

Há pouco tempo atrás não existia essa discussão. Porém, de alguns tempos para cá, percebeu-se que ocorria um fenômeno na Umbanda de forma tal que algumas entidades, parecidas com Zé Pilintra, formavam uma linha de trabalho à parte.

tranca ruas das almas do mar

É o Guardião dos Caminhos, companheiro dos Pretos Velhos, Caboclos, aparador entre os homens e os Orixás, lutador incansável, sempre de frente, sem medo, sem mandar recado. Senhor tranca rua das Almas um espirito muito doutrinado atuando dentro de seus mistérios, regendo seus domínios e os caminhos por onde percorre a humanidade.

MARIA MULAMBO DA ESTRADA

Sua lenda diz que Maria Molambo nasceu em berço de ouro, cercada de luxo. Seus pais não eram reis, mas faziam parte da corte no pequeno reinado.

Leia História Da Pomba Gira Tata Mulambo

• Leia História Da Pomba Gira Tata Mulambo


O rei se desesperou em saber que ele é que era uma árvore que não dá frutos.

Rainha do cruzeiro..........!!


Há quem confunda a Rainha do Cruzeiro com a Rainha das Sete encruzilhadas, mais saibam que são duas entidades de muito respeito, mas bem distintas...

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Ofó – O poder da palavra

O Ofó é uma palavra de origem yorubá (ofò), que designa o encantamento através da palavra, que pode ser expressa por versos ou cantigas.

INICIAÇÃO À UMBANDA

Este livro chega à sexta edição pela Madras Editora. Antes dessas seis edições muita história para contar, nestes trinta e dois anos da obra.

Obatalá o Rei da floresta Sagrada - Pai do pano branco



Olódùmarè chamou Obatalá "Oxalufan / Oxaguian" (rei ou pai do pano branco) para Ikolè Òrun (Reino dos ancestrais), no dia que Ọlódùmarè queria que Obatalá criasse a terra firme sobre as águas do Ikolè Ayè (Mundo).

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

O SÉRÉ

SÉRÉ

O Xeré [1] é um instrumento musical feito de cobre com a extremidade de forma esférica contendo sementes vegetais. É uma espécie de

Atabaque


Exú sempre foi o mais alegre e comunicativo de todos os orixás. Olorun, quando o criou, deu-lhe, entre outras funções, a de comunicador e elemento de ligação entre tudo o que existe. Por isso, nas festas que se realizavam no orun (céu), ele tocava tambores e cantava, para trazer alegria e animação a todos.

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis